{Turistando no Japão} Ohishi-Tengudo + Karuta

Iniciei as publicações sobre minha viagem ao Japão, que ocorreu em outubro do ano passado, com {Turistando no Japão} A realização de um sonho ♥. Ao longo do meu relato, comentei diversas vezes sobre postagens especiais que publicaria posteriormente. Eis que hoje segue a segunda de uma série de oito postagens especiais sobre esses momentos mais marcantes dessa viagem tão incrível (^_^). 行きましょう!

Fundada em 1800 em Kyoto, a Ohishi-Tengudo (大石天狗堂) é uma loja tradicional de jogos clássicos japoneses. Se não me engano é a loja do gênero mais antiga da região de Kansai. Quando a visitei em outubro do ano passado, ela havia completado 216 anos de funcionamento.

Ohishi-Tengudo é famosa por produzir uma variedade de jogos tradicionais japoneses, como Shougi, Go, Karuta, Kai-Awase, etc. No local, estão disponíveis uma variedade de conjuntos industriais e artesanais. Meu interesse em conhecer a loja foi por causa do jogo de cartas chamado Karuta.

O Karuta (かるた), como conhecemos, é um jogo de cartas que descende do jogo de conchas do século XII, chamado Kai-Awase, e do jogo de cartas europeu trazido pelos comerciantes portugueses no século XVI. Como os portugueses chamavam o jogo de “carta”, os japoneses filtraram a palavra como ガルタ > かるた para o seu idioma. Durante o Período Edo (1600 – 1868), combinando a carta de papel com o tradicional jogo Kai-Awase, o Karuta evoluiu para um costume da população japonesa que perdura até os dias de hoje.

Os dois tipos principais de Karuta são:

» Uta-Garuta (うたガルタ) significa literalmente “cartas de poemas”, e consiste em 200 cartas divididas em dois conjuntos, cada um contendo 100 poemas Waka. O primeiro conjunto é para leitura e o segundo utilizado na partida. O tipo mais popular de Uta-Garuta é o Hyakunin Isshu (ひゃくにんいっしゅ), algo como “100 pessoas, 1 poema”.

» Iroha Karuta (いろはかるた) baseia-se no kana, ou seja, na ordem da escrita silábica do idioma japonês. É como a ordem alfabética do nosso “ABC”. Iroha Karuta é enderençado as crianças e existem dois conjuntos de 48 cartas. Em vez da poesia Waka, Iroha Karuta apresenta uma diversidade de provérbios dos mais variados temas.

O Karuta Competitivo (競技かるた, Kyōgi Karuta), que é um esporte com partidas intensas que exige bastante resistência, agilidade e memória de seus jogadores graciosamente ferozes, utiliza oficialmente o deck Ogura Hyakunin Isshu Karuta, com total de 200 cartas (100 torifuda e 100 yomifuda). Cada yomifuda mostra um poema completo juntamente com uma ilustração do poeta que a escreveu, e cada torifuda corresponde apenas à segunda metade do poema. Na partida, as yomifuda ficam com o orador, enquanto que as torifuda estão com cada dupla de jogadores.

Ogura Hyakunin Isshu é uma antologia de cem poemas Waka, escrito por cem personalidades japonesas entre o século VII e o século XIII, como o imperador Tenji, a imperatriz Jitō e as famosas Murasaki Shikibu e Sei Shōnagon. Esses poemas reunidos da era clássica até o Período Kamakura foram compilados por Fujiwara Teika (1162 – 1241) enquanto vivia no Monte Ogura, em Kyoto. Então com a junção do Kai-Awase e das cartas, no Período Edo vários artesão produziram Karuta de luxo. Entre eles, o artesão Ogata Kourin criou o design mais original.

Como o Karuta Competitivo não é um jogo em que a diferença de força física predomine, mulheres e homens competem de forma igual. Somente no campeonato nacional realizado pela All Japan Karuta Association (fundada em 1957), que ocorre todos os anos em janeiro no Omi Jingu, um santuário xintoísta em Otsu, na Província de Shiga, há a divisão entre os gêneros. Que no caso definirá os melhores do país: a melhor jogadora ganha o título de Queen (クイーン) e o melhor jogador ganha o título de Mestre (めいじん). Para deixar o Karuta num nível de complexidade mais hiperbólico, se os jogadores ganharem sete vezes o título máximo, é lhes concedido o título de Eterna Queen (永世クイーンえいせいくいーん) e Eterno Mestre (永世名人えいせいめいじん).

Aqui vocês podem assistir à partida de definição da Queen de 2017, no qual a jogadora Tsuruta Sae foi a vencedora.

Uma das jogadoras prodígio da história do Karuta Competitivo é a Saki Kusunoki. Aos 15 anos ela ganhou o título de Queen e na conclusão do primeiro ano na universidade ganhou o título de Eterna Queen. Em ambos os casos ela foi à jogadora mais nova a ganhar os títulos, e se não me engando é a terceira Eterna Queen da história. Veja abaixo o vídeo da competição da Queen de 2014, sendo a vencedora Kusunoki.

Mesmo com regras complexas e me embaralhando para entendê-las, eu adoro ler sobre a história desse jogo e suas particularidades. Eu sei que nunca serei uma jogadora, e nem pretendo, afinal não nutro das habilidades necessárias, mas pesquisar sobre o jogo, sua junção da literatura com a história japonesa me deixa muito empolgada. Assistindo aos vídeos que encontro das competições me faz enxergar como este esporte é tão gracioso, como voraz. Sem duvida um dos jogos mais interessante e sofisticado já inventado.

Eu e uma carta yomifuda dos Cem Poemas do deck de luxo Ogata Korin Hyakunin Isshu (*o*).

Voltando a minha visita maravilhosa na tradicional Ohishi-Tengudo. Focando nos tipos de Karuta, a loja possui uma variedade de deck industrial e artesanal do Uta-Garuta, Iroha Karuta e Kai-Awase, com uma distinta diferença de preços.

O deck artesanal do Uta-Garuta, temos o dos 100 poemas (Hyakunin Isshu), como também vi um do romance Genji Monogatari (*-*) (*para conferir minhas impressões de O Romance de Genji, clique aqui e aqui*). Por serem produzidos manualmente por artesões renomados que utilizam materiais refinados, como folhas de ouro, esses decks têm valores bastante elevados.

Minhas comprinhas ♥.

Para quem não tem essa quantidade de dinheiro (eu o/), há decks industriais bastante acessíveis. Eu, por exemplo, adquiri um modesto deck do Karuta Competitivo (^_^). É uma versão menor do deck padrão e é tão gracinha ♥. Comprei também o CD da associação de Karuta Competitivo com a leitura dos 100 poemas pelo orador Mitsukazu Yoshikawa. Eu adoro ouvir os poemas, pois o ritmo da leitura é tão relaxante (^-^).

Muito incrível conhecer a tradicional Ohishi-Tengudo. Deixo meus agradecimentos à simpática senhora que nos atendeu, que além de ser solicita conosco, agradeceu por eu ter levado meu marido e meus amigos à loja, já que ela perguntou quem havia sugerido a visita. Conhecer uma loja tão antiga, que preserva com carinho os jogos tradicionais, principalmente o Karuta, foi uma experiência e tanto para uma mera admiradora do jogo.

Anúncios

4 respostas em “{Turistando no Japão} Ohishi-Tengudo + Karuta

    • Lígia, a loja é simples, mas encantadora (*-*). É cada deck maravilhoso. Eu fiquei apaixonada pelo do “Genji Monogatari”, mas é um dos modelos sofisticados. Ou seja, caríssimo. Bjs!

  1. Parece ser um jogo difícil. Lulu, nunca tinha ouvido falar desse jogo de cartas japonês. Valeu pela informação 🙂 Pelo seu post, a visita deve ter sido sensacional 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s