Livro: A Dançarina de Izu – Yasunari Kawabata

A Dançarina de Izu é uma das primeiras obras publicada de Yasunari Kawabata, lançada originalmente em 1926. A novela se baseia numa memória lírica do autor japonês quando ele tinha 19 anos. A experiência do jovem Kawabata aconteceu em 1918 na península montanhosa de Izu, uma região que fica a oeste de Tóquio, ao encontra-se com um grupo de artistas itinerantes.

Por ser uma narrativa curta, o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 1968, descreve de forma simples e direta a viagem a pé do estudante, com também dezenove anos, na península ainda selvagem e intocada de Izu. No caminho, ao fazer amizade com uma trupe de artistas, o estudante se junta a eles. Durante toda a viagem, ele descreve os pequenos eventos, como as discussões, as refeições, as paradas para descanso, à noite na hospedaria até a chegada ao destino que os separará. Dentre os integrantes do grupo, o protagonista se afeiçoa a pequena dançarina Kaoru, de treze anos.

A escrita maravilhosa de Kawabata trás uma aura natural a essa prosa. Tornando fino e preciso as descrições da paisagem, dos momentos da viagem e principalmente dos pequenos gestos. Esta simplicidade dá um caráter mais profundo à obra, pois ainda que modesta, o autor nos faz sentir neste texto tão breve uma gama de sensações sobre o amor nascente, a sexualidade velada, a solidão, a dor da separação inevitável, a complexidade das relações familiares, a realidade impiedosa das hierarquias sociais, a energia juvenil e como também a impotência da idade avançada.

Koi no hana saku Izu no odoriko, 1933 (恋の花咲く伊豆の踊子)

Por A Dançarina de Izu ser querida e popular no Japão até os dias de hoje, existem inúmeras adaptações cinematográficas e para televisão, sendo a primeira o filme mudo de 1933, com direção de Heinosuke Gosho e tendo Kinuyo Tanaka no papel da pequena dançarina. Para quem não sabe, Tanaka teve uma carreira de mais de 50 anos com mais de 250 filmes creditados, atuando como atriz ou como diretora. Ela é conhecida por seus papéis em sua longa colaboração com o diretor Kenji Mizoguchi ♥. Kinuyo é maravilhosa ♥. Eu adoro a atuação dela em A Mulher Infame (Uwasa no Onna, 1954).

Não bastassem as adaptações, o trem expresso de Tóquio para a Península de Izu é conhecido como Odoriko (dançarina) e na base da cachoeira Shokei há várias estatuas em homenagem a obra.

Nesta edição da Estação Liberdade traz um excelente estudo da professora Meiko Shimon, especialista na obra de Yasunari Kawabata. O texto traça um panorama da trajetória de Yasunari, destacando também pontos importantes de sua figura como escritor e suas obras. Amo este tipo de material nos livros. Tanto por enriquecer a leitura, como nos guiar a compreender as referências.

Essa é minha segunda leitura de A Dançarina de Izu. A primeira, se não me engano, foi há nove anos. Como faz tempo. Por não ter tanta bagagem literária, mesmo gostando bastante da novela, eu acabei não sentido tanto a poesia singela e significativa dessa narrativa. Agora com mais experiência, nesta releitura consegui alcançar mais a obra e os sentimentos nostálgicos de Yasunari Kawabata.

.

Título: A Dançarina de Izu
Título original: Izu no Odoriko, 伊豆の踊り子
Autor: Yasunari Kawabata
Tradução: Carlos Hiroshi Usirono
Estudo acadêmico: Meiko Shimon
Editora: Estação Liberdade
Páginas: 112
Ano: 2008

Anúncios

3 respostas em “Livro: A Dançarina de Izu – Yasunari Kawabata

  1. “A Dançarina de Izu” é um dos livros do Kawabata que eu não li. Gostei de saber que existe um filme mudo. Vou tentar providenciar a reimpressão quanto antes.

    • Pois leia o mais breve possível, Carlos. Tenho certeza que você irá gostar (^_^). Quando ao filme, achei ótimo, principalmente por ver a Kinuyo Tanaka tão novinha (*-*).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s