Livro: O Curioso Caso de Benjamin Button – F. Scott Fitzgerald

O primogênito do casal Button nasce… Mas aparência do filho surpreende os pais e causa desespero aos funcionários do hospital. O médico que realizou o parto, por exemplo, acredita que sua carreia acabou. Benjamin Button nasce com a aparência de um idoso, não só a aparência, mas falando e do tamanho de um velho, e à medida que os anos passam sua fisionomia regride até se tornar um recém-nascido. Ou seja, sua vida caminha de forma inversa.

Mesmo que inicialmente o patriarca tenha sentido dificuldade em aceitar o singular fato, o senhor Button quis que seu único filho recebesse uma criação normal como qualquer criança de sua classe. Quanto à senhora Button, ela não tem voz durante na narrativa. Com o avançar dos anos, Benjamin segue uma vida em crescente agitação. Fitzgerald não insiste tanto nas frustrações do personagem título. Ao contrário, ele vai se adaptando a sua condição.

Acredito que o tema central do conto não seja a própria anomalia, mas a forma como o protagonista é acusado por sua particularidade. Como se ele tivesse feito isso de proposito; e Benjamin sempre é acusado (*algo bastante comum endereçada a qualquer um que envelhece. Com certeza já ouvimos frases do tipo: “A fulana tá tão velha, né?!”. Como se a culpa por envelhecer fosse da pessoa*). Além disso, o escritor norte-americano critica as convenções sociais da classe abastarda. Essa sociedade que vive de aparência, que não aceita o diferente. Aquele indivíduo que não atende as expectativas terá que fazer um esforço tremendo para se encaixar ao padrão definido como normal.

Outro ponto que para mim ficou em destaque é que independente da ordem cronológica de nosso físico, o meio em que vivemos continua a nos trazer dificuldades. E por fim acabamos tendo o mesmo final na mesma condição de incapazes. Como se a lei da natureza fosse imutável.

O Curioso Caso de Benjamin Button, de F. Scott Fitzgerald, publicado originalmente em 1922, trás um realismo fantástico muito bem construído e vamos descobrindo, junto as suas boas críticas sobre a sociedade, que o mais importante para o meio social conservador é a aparência.

.

Título: O Curioso Caso de Benjamin Button
Título original: The Curious Case of Benjamin Button
Autor: F. Scott Fitzgerald
Tradução: Rodrigo Breunig
Editora: Folha de S.Paulo
Páginas: 56
Ano: 2016

.

A leitura de O Curioso Caso de Benjamin Button, de F. Scott Fitzgerald, faz parte do projeto [TBR Book Jar Nomes da Literatura]. Para acompanhar os demais títulos do projeto recomendo que verifique esta publicação.

Anúncios

4 respostas em “Livro: O Curioso Caso de Benjamin Button – F. Scott Fitzgerald

  1. Oii. Sempre quis ler este livro. Na verdade é um daqueles casos que eu me pergunto “Por que ainda não li esta obra?”. Espero conseguir fazer essa leitura e entender a particularidade de Benjamin e como ele convive com ela.
    Beijos.

    • Jessica, dessa mesma questão eu também tenho uma lista de livros (>_<). Acredito que ainda dá para encontra fácil a edição da Folha ou da L&PM; se não me engano ambas as edições tem a mesma tradução. Beijos!

  2. Oi Lulu. Conheci seu blog agora e achei muito bom. Acabei de fazer uma resenha de um livro de contos do F. Scott Fitzgerald, que inclui O Curioso caso de Benjamin Button, traduzido pelo excelente Brenno Silveira. Gostei da sua perspectiva da história. Aguardo sua visita no LudoeVico. Bjos

    • Oi, ludoevico! Fico feliz que tenha gostado do meu cantinho e de minha interpretação do conto (^_^). Já comentei na postagem que você se referiu. Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s