Livro: A Metamorfose – Franz Kafka

Originalmente escrito em 1912 e publicado em 1915, A Metamorfose, de Franz Kafka, narra a curiosa transformação de Gregor Samsa em um inseto e de como ele e a família lidam com a situação. No primeiro momento Gregor, o primogênito provedor, fica horrorizado com sua nova condição. Enquanto que os pais e a irmã caçula espantam-se com a desgraça que assolou a família. Com o cenário imutável, acabam por aceitar o incidente e reorganizarem suas vidas. Ao longo da história, inúmeros pensamentos assolam Gregor e vamos acompanhando sua progressiva degradação.

Acredito que a singular narrativa do autor tcheco seja marcada por múltiplas interpretações. Sendo uma delas importante de destacar, o teor autobiográfico nas entrelinhas da obra que denuncia a conflituosa relação de Franz Kafka com seu pai, Hermann Kafka. Como complemento, até recomendam a leitura de Carta ao Pai.

As situações descritas da condição do primogênito Gregor em carregar a máxima responsabilidade de prover o sustento da família e, junto a isso o claustrofóbico cenário de trabalho que demanda além da capacidade do funcionário, leva o protagonista a um estado de angustia e consequentemente um pesadelo em vida. Em meio a este cenário, Kafka mostra todos os medos do metamorfoseado. Entretanto ele não se esquece do outro lado, o drama familiar dos Samsa. A família sente-se insatisfeita com a modificação de papeis devido à nova condição do filho provedor. O pai, a mãe e a irmã sofrem em carregar as responsabilidades que antes eram de Gregor, apresentando desejos de descartar o incômodo filho inútil.

O momento mais próximo de uma referência objetiva da nova forma de Gregor é quando a nova faxineira o chama de “rola-bosta”. De acordo com o tradutor, no original em alemão Mistkäfer (rola-bosta) tem duplo significado. Pode referir-se a uma pessoa suja e descuidada, ou tratar de um escaravelho qualquer. Importante destacar também que Kafka pediu ao seu editor que não houvesse nenhum desenho da figura do metamorfoseado.

A Metamorfose, de Franz Kafka, apresenta uma qualidade inquestionável, uma força que evoca a autoanalise, o mal-estar e as circunstâncias que as provocam. Além disso, evoca também demônios pessoais do autor. Uma obra que trás um retrato do mais repugnante e triste pesadelo. Um livro que me surpreendeu pelo seu realismo mágico.

.

Título: A Metamorfose
Título original: Die Verwandlung
Autor: Franz Kafka
Tradução: Marcelo Backes
Editora: Folha de S.Paulo
Páginas: 72
Ano: 2016

.

A leitura de A Metamorfose, de Franz Kafka, faz parte do projeto [TBR Book Jar Nomes da Literatura]. Para acompanhar os demais títulos do projeto recomendo que verifique esta publicação.

Anúncios

4 respostas em “Livro: A Metamorfose – Franz Kafka

  1. Li primeiro a HQ e só anos depois consegui ler o texto do Kafka. Embora tenha adorado o quadrinho, as palavras do autor me fizeram perceber melhor a metamorfose interna nos personagens. Clássico dos clássicos.

    • Imagino. As adaptações podem passar muito bem a ideia do livro, mas só o original para entender os pormenores. Concordo, Michelle. Merece o título de clássico! Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s