Livro: Dias de Abandono – Elena Ferrante

dias-de-abandono-elena-ferrantePublicado originalmente em 2002, Dias de Abandono, um dos primeiros romances de Elena Ferrante, narra o sofrimento de Olga ao ser abandonada pelo marido após 15 anos de casada. A angústia sentida pela protagonista não é nada agradável, pois vemos o desespero de uma mulher que teve sua vida doada para o crescimento profissional do marido, ao cuidado do lar e na criação dos dois filhos.

A consequência do divorcio na vida de Olga resulta numa narrativa cheia de obsessões e rajadas de violência. Ferrante descreve com grande destreza o estado de tristeza misturado com desespero de uma mulher que acabou de ser largada e que busca por uma razão para tal abandono. A precisão da descrição do medo da personagem em se tornar uma divorciada, já que na nossa sociedade patriarcal é vergonhoso este estado civil na mulher, é impressionante.

Acredito que a autora não exagerou nas atitudes de Olga. Afinal, ela teve uma vida limitada ao ser induzida a não trabalhar, a dedica-se somente na realização das tarefas domésticas e ao cuidado dos filhos. A chama que Olga tinha quando jovem apagou-se completamente pela prisão deste dito cotidiano de esposa. Então imagine você se anular pelo bem de sua família durante anos e de repente ser deixada por motivo existencialista de um homem que não precisou abdicar de nada e que ainda te limitou a esta realidade. É uma crescente fúria pelo tempo, pela vida perdida. Não estou dizendo que as pessoas não possam se divorciar por qualquer motivo, obviamente que sim, mas as perturbações sentidas por nossa protagonista podem acontecer a qualquer um. Ou seja, são ações e pensamentos verossímeis.

Também achei palpável a relação de Olga com seus dois filhos pequenos no enfrentamento dessa realidade perturbadora. As crianças, que são muito bem construídas, acabam se tornando um grande estorvo para a mãe, porque mesmo que elas não tenham culpa, fazem parte desse sacrifício feito por Olga. Isso não significa que ela não ame seus filhos, mas que no exato momento eles só conseguem atrapalhá-la neste cenário despedaçado. Afinal filhos dão trabalho e privam os pais de tempo, principalmente da mãe. No romance o pai, quando passa uma temporada um pouco maior com os filhos, nem os aguenta pela exigência e a privação que essas crianças causam.

O único ponto da obra que achei desnecessário foi à relação de Olga com o vizinho músico. No começo estava me parecendo plausível, mas o vinculo entre eles foi aumentando e chegando ao ponto de ser tornar um clichê simplesmente jogado. O final também não me agradou tanto. Fiquei com a péssima sensação de Olga precisava desse homem para “se acalmar”.

Quanto à escrita de Elena Ferrante, apresenta um ritmo de nítida violência, agressividade, obscenidade e desespero. Conseguindo repassar com maestria o resultado do colapso na vida da protagonista. Além disso, é fluida, direta e viciante. Foi meu primeiro contato com a autora, a leitura foi realizada no mês de dezembro do ano passado, e fiquei bastante animada com os outros romances.

O que poderia ser uma leitura banal, Dias de Abandono, de Elena Ferrante, marca uma variação altamente bem sucedida sobre o tema. Revelando uma dolorosa e perturbadora impotência de reação de uma mulher de quase 40 anos ter que recomeçar a vida do zero. É um livro doloroso e facilmente possível.

.

Título: Dias de Abandono
Título original: I giorni dell’abbandono
Autora: Elena Ferrante
Tradução: Francesca Cricelli
Editora: Biblioteca Azul
Páginas: 184
Ano: 2016

Anúncios

4 respostas em “Livro: Dias de Abandono – Elena Ferrante

  1. Ainda não li esse, Lulu, mas a descrição que você faz da relação despedaçada da protagonista me parece bem real. E, no fundo, as histórias da Ferrante são bem isso: um tema banal trabalhado com maestria.
    Bjo!

    • “Dias de Abandono” é muito bom! Depois pretendo ler “A filha perdida” e seguir com calma para a “Série Napolitana”. No caso da tetralogia, fico mais animada já que você gostou de “A Amiga Genial”. Beijos, Lígia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s