Manhua: In These Words (tomos 01 & 02) – Jun Togai e Narcissus [+18]

in-these-words-tomos-01-02-jun-togai-e-narcissusIn These Words, de Jun Togai e Narcissus, é um manhua do gênero Boy’s Love de origem taiwanesa que ainda encontra-se em publicação. Começou a ser publicado como doujinshi (capítulo a capítulo) em 2011 pelo estúdio independente Guilt Pleasure. Com seu sucesso, passou a ser lançado no Japão pela editora Libre Shuppan, e depois seguiu para Coreia do Sul, Alemanha, Estados Unidos e França.

Norteando. Originário do Japão, o gênero Boy’s Love (BL), também conhecido como Yaoi, tem o foco em relações homossexuais entre dois homens. Os mangás BL são escritos por mulheres para mulheres. Sendo que um produto pode exceder o seu público alvo. As leitoras assíduas desse gênero são chamadas de Fujoshi (significa em tom pejorativo “garota podre / corrompida”). Enquanto os homens que curtem são chamados de Fudanshi (“homem podre / corrompido”).

Adoro BL, principalmente as obras com narrativas maduras. Pois é, tenho meu lado corrompido, hahahaha. Gostaria até de conhecer mais títulos, pois acho que li pouco desse vasto gênero de mangá que tem autoras do qual nutro grande admiração, como Hagio Moto e Fumi Yoshinaga, por exemplo, que também publicam em outras demografias. Então aceito dicas das colegas (^_~).

Meu interesse por In These Words começou por causa da belíssima arte de Jun Togai (\*o*/). Quando o título foi anunciado na França eu fiquei tão feliz. No entanto, foi dificílimo conseguir esses dois volumes. Pelo que parece a editora que publica In These Words em francês, a Taifu Comics, deve publicar uma tiragem pequena desses volumes e em doses homeopáticas. Bem, pelo menos nas lojas onlines que enviam para o exterior foi complicado encontrá-los, pois sempre estavam esgotados ou revendidos por preço exorbitantes. Só os consegui recentemente (*aliviada*). Quando os vi disponível pelo preço de capa, adquiri imediatamente. Assim que chegou, tirei do pacote e comecei a ler (^_^).

in-these-words-tomos-01-02_my_precious

♥ ♥ ♥ヽ(*≧ω≦)ノ♥ ♥ ♥

Katsuya Asano é um psiquiatra experiente treinado nos Estados Unidos da América. Por seu talento foi-lhe dada uma atribuição da polícia de Tóquio. Sua ajuda é necessária para traçar o perfil psicológico do serial killer que há vários anos mata pessoas de uma forma cruel e sádica. O assassino é capturado, mas só concorda em entregar a sua confissão para Katsuya. As extensões dessas discussões se dão numa casa restrita. Enquanto que todas as noites, Asano tem pesadelos horríveis, em que um homem sem rosto o sequestra, tortura, estupra e sussurra que o ama. A atmosfera maravilhosamente opressiva nos coloca em dúvida sobre esses acontecimentos.

A partir do prólogo, em forma de texto e ilustrações, somos mergulhando em uma atmosfera escura, opressiva e singular. Katsuya Asano foi torturado mentalmente e fisicamente por um homem desconhecido, e sendo um sobrevivente dessa violência é atormentado por pesadelos horríveis. Essas cenas de torturas e submissão são muito fortes, podendo causar desconforto ao leitor. Eu, por exemplo, fiquei sufocada com tanta violência. Até no final do primeiro volume, na parte dos extras, as autoras se desculpam por isso.

As ligações das cenas do tomo anterior são finalmente reveladas na continuação. O segundo volume trás uma reviravolta surpreendente, levando-nos de volta antes dos eventos presentes. O choque é grande para nós leitores, mas também para a personagem Katsuya Asano. O máximo que posso dizer do segundo volume é que a linha da trama fica mais calma, mais silenciosa e quase doce.

in-these-words_manhua_02

Existem certas ações na trama que alguns leitores podem achar irreais. No começo eu até estava com essa mesma linha de pensamento em acreditar impossível determinadas atitudes, principalmente à da personagem Shinohara Keiji. Mas conhecendo os absurdos da nossa sociedade, nada é impensável. Grandes e controladoras instituições são capasses de ações chocantes para atingir objetivos; sendo de um pequeno grupo poderoso então, nem se pensa uma única vez no outro. Então acho que In These Words não exagerou tanto nesse sentido.

Um detalhe que me agradou bastante foi à veracidade da relação homoafetiva. Katsuya tem um caso com o investigador dessa missão, mas a relação deles não começou por uma paixão lancinante. Iniciou-se por atração, flerte e dos sinais deixado de um para o outro. Tal como acontece na vida real. Até o pedido ameaçador de Katsuya para com seu amante em guardar segredo do envolvimento deles. Ah, o sexo em In These Words é bastante cru. Ou seja, explícito.

in-these-words_manhua_01

Sobre a impecável arte de Jun Togai, há um interessante equilíbrio do estilo mangá com quadrinhos de gráficos mais realistas. Uma mistura que ficou encantadora (*0*). Todas as personagens, sendo principais e coadjuvantes, são lindamente bem desenhadas. É um cuidado com os ângulos, músculos, roupas e acessórios, exalando um dinamismo e elegância impar. Em relação às cenas de sexo, elas são bem sucedidas. Na verdade, muito bem sucedidas. No estupro é repassada a aflição e dor, enquanto que na relação consensual é emocionante e sexy (*¬*). Encarregada dos cenários, Narcissus os desenha de forma realista.

In These Words apresenta uma qualidade notável, tanto pela narrativa original e inteligente como por personagens cativantes e misteriosas. Eu diria que é um dos melhores mangá, no caso manhua, do gênero. Para mim já entrou no rank dos favoritos, e sem dúvida se tornará um clássico BL. Jun Togai e Narcissus criaram uma atmosfera sombria absolutamente cativante como perturbadora. Estou ansiosíssima pelo terceiro volume, que infelizmente não tem previsão de lançamento (*snif*).

.

Título: In These Words
Título original: Gen no Tsumi, 言之罪
Autoras: Jun Togai e Narcissus – Neko Kichiku
Editora: Taifu Comics
Número de volumes: 2 volumes (em publicação)
Ano: 2014 ~ 2015

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s