Livro: O Assassino Cego – Margaret Atwood

O Assassino Cego - Margaret AtwoodO magistralmente bem construído e premiado O Assassino Cego, de Margaret Atwood, publicado originalmente no ano 2000, foi uma leitura compartilhada realizada em fevereiro com a querida Michelle (do Resumo da Ópera).

Estou com dificuldade de expor minhas impressões sobre essa obra, que deu à escritora o prêmio Booker Prizer 2000. Consigo dizer que enquanto descobrimos a história da família Chase, pelo olhar de Íris Chase Griffen, passamos pelo Canadá do século XX, entre o nascimento da indústria em uma pequena cidade, os horrores da Primeira Guerra Mundial experimentado pelo pai de Íris, em seguida, a crise econômica com a recusa em demitir os funcionários e a falência que se seguira, a Segunda Guerra Mundial que enriquece industriais e, finalmente, as mudanças no pós-guerra e o final do século. Todo esse panorama histórico encontra-se envolta de muitas vozes, anedotas e dramas familiares e pessoais. Mas especialmente de Laura, a excêntrica irmã mais nova de Íris, que diz tão pouco e sabe muito.

Além desta narrativa, existe outra, num tom diferente com teor de ficção cientifica e realismo fantástico, que é o romance póstumo escrito por Laura Chase, chamado “O Assassino Cego”. Pinçamos também mensagens que estão bem escondidas nas entrelinhas dessa curiosa trama.

Para completar a incrível diversidade dessa obra, os eventos também são apresentados sob a forma de artigos de jornal que podem ter aparecido na época.

Aqui está um romance incrível! No começo eu tive que caminhar lentamente por aquele recorte de vozes e construir o quebra-cabeça, perguntando-me a razão de vários acontecimentos e ligações. Quando percebi, descobri o segredo da trama e fiquei espantada como a autora conseguiu criar e construir uma história que você acaba acreditando que tudo aquilo seja real. Sério, é impressionante!

Gostaria de destacar a forte ligação das irmãs Íris e Laura. Sensacional como a autora constrói a relação delas nas várias situações que se apresentam ao longo do romance e que somente conseguem enfrentar juntas. A união que elas têm uma com a outra é tão visceral que fiquei com a impressão de que elas seriam uma única personagem.

Eu poderia dizer que O Assassino Cego é um livro belo. No entanto a escrita de Margaret Atwood é a responsável por este adjetivo, já que a narrativa carrega uma escuridão intensa e as personagens apresentam uma fineza psicológica muito interessante.

Este é o segundo livro que li da escritora canadense que mal conheço e já considero pacas. Estou cada vez mais conquistada por suas obras (*_*). Quero ler tudo e quero todos os livros na estante!

Sobre O Assassino Cego, de Margaret Atwood, é um romance envolvente e rico. Por favor, leia imediatamente!

.

Título: O Assassino Cego
Título original: The Blind Assassin
Autora: Margaret Atwood
Tradução: Léa Viveiros De Castro
Editora: Rocco
Páginas: 496
Ano: 2001

Anúncios

4 respostas em “Livro: O Assassino Cego – Margaret Atwood

  1. Realmente, Lulu, é muito difícil falar sobre esse livro. A forma como a história é construída, os inúmeros personagens e tramas paralelas não facilitam muito no começo, mas acho que esse estilo de escrita foi fundamental para me fazer ir mergulhando na história aos poucos e, quando vi, já estava totalmente envolvida e louca para conhecer outros detalhes. Como já tínhamos conversado antes, a relação das irmãs é mesmo o ponto mais importante do livro, mas esse panorama histórico de fundo é bem interessante e ajuda a entender melhor o comportamento dos personagens.
    Só posso reforçar sua sugestão: Leiam imediatamente!
    Foi ótimo ler mais esse livro com você. E que venham as próximas leituras compartilhadas! 🙂

    • Livro difícil de resenhar e discutir (>_<). Concordo, a narrativa não facilita, mas instiga e envolve bastante o leitor. Margaret Atwood tem uma forma única de contar história (*estou apaixonada por essa mulher*). Nossa, a relação das irmãs é o destaque da narrativa e a chave para todos os mistérios.
      Os colegas leitores precisam ler imediatamente O Assassino Cego!!!!
      Michelle, também agradeço de coração a companhia (^_^). Foi ótimo!
      E que venham as próximas leituras compartilhadas! [2] (\^o^/)
      Beijão!

  2. Pingback: [Projeto] Lendo Margaret Atwood | Lulunettes

  3. Pingback: Os melhores de 2016 | Lulunettes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s