Como anda a leitura do calhamaço: O Romance de Genji, de Murasaki Shikibu

O Romance de Genji_Tomo 1 e Marcações

Tomo 1 e várias marcações (^-^)

Como comentei na publicação ~ Início da Leitura do Calhamaço: O Romance de Genji, de Murasaki Shikibu ~ comecei a imergir na corte do período Heian exatamente no dia 1ª de março e conclui o primeiro tomo no dia 27 de março. Li as seguintes partes:

  • Primeira Parte – O Príncipe Resplandecente (Capítulos – 01 a 13)
  • Segunda Parte – Imperador na Sombra (Capítulos – 14 a 21)
  • Terceira Parte – Um Diadema Precioso (Capítulos – 22 a 33)

Fiquei tão feliz ao terminar o primeiro volume de uma obra que estava ansiosa para realmente conhecer (^o^v). Estou na metade do romance, mas apenas comecei a descobrir a fundo as questões culturais desta época.

Shirokuma Cafe_01

Eu estava neste estado antes de começar O Romance de Genji (>_<)

Vocês devem lembrar que antes de iniciar a leitura, eu estava receosa de que teria certo obstáculo em caminhar pela obra de Murasaki, devido à dificuldade da tradução deste romance do século XI com sua linguagem medieval.

Entretanto a editora portuguesa Exodus deixou a linguagem no estilo dos romances do século XIX ou XX. Então não tive a impressão de pisar num terreno desconhecido. Isto me causou certo alívio, pois me possibilitou de ter uma leitura fluida; e chateada ao mesmo tempo, pois gostaria de perambular na obra da forma mais original possível. Mas acredito que todas as traduções estejam neste estilo, e também como opção na versão japonesa. Acabei chegando à conclusão que o importante é que eu esteja aproveitando ao máximo à narrativa (^_^).

Outra coisa que está facilitando a leitura é conhecer, mesmo que superficialmente, a obra através das adaptações de filmes e animes que já assisti.

Shirokuma Cafe_02

Leitura subarashii! ♥

Comecei numa evidente empolgação de estar finalmente conhecendo o primeiro romance mundial, o tesouro da literatura japonesa. Ler O Romance de Genji está sendo maravilhoso! ♥ E por incrível que pareça, a personagem que menos aprecio da narrativa, e por causa dele alguns momentos da história ficam arrastados, é Hikaru Genji. Mesmo sendo o ideal masculino da época, algumas de suas atitudes (e uma delas acho até patológica. Acredito que ele seja ninfomaníaco) me irritam. Porém, as demais personagens, principalmente as femininas – mesmo que a grande maioria tenha envolvimento com o protagonista – sustentam muito bem a narrativa e eu gosto muito delas, principalmente Fujitsubo e Aoi.

Impressiona-me também os detalhes de Murasaki em mostrar o retrato da aristocracia japonesa em seus mínimos detalhes. Estou me sentido completamente imersa na obra e principalmente na época, nesta vida pasmaceira da corte japonesa.

Eu estava planejando realizar publicações de curiosidades sobre a obra, mas como estou imersa na leitura (*e com outras responsabilidades e obrigações da vida que precisam de minha atenção*), acabei estabelecendo que fosse mais proveitoso finalizar o romance, organizar as ideias e publicar minhas impressões e informações a respeito. Acho que fica melhor assim (^_~).

Shirokuma Cafe_03

Amanhã, Tomo 2! (^0^/)

Amanhã darei inicio ao segundo volume e adianto que estou ansiosa para ler uma determinada parte que se passa em Uji (\^.^/).

またね。

Anúncios

6 respostas em “Como anda a leitura do calhamaço: O Romance de Genji, de Murasaki Shikibu

  1. Imagino a dificuldade para ler e traduzir algo do Século XI. Que bom que você está se divertindo com a leitura! Esse seu livro me lembra que já cogitei ler Musashi várias vezes, mas olho aquele tijolão, penso que são vários e fujo! hahaha
    bjo

    • Michelle, eu imagino mais a dificuldade dos tradutores, porque até os japoneses tem dificuldade de ler o original. Parece que a versão “modernizada” é a mais lida por lá.
      Musashi é incrível! ❤ Eu quando li nem notei o tempo passar. Talvez tenha sido mais fácil já que adoro narrativa de Samurai (*_*).
      Beijos!

  2. Pingback: Leitura Concluída: O Romance de Genji, de Murasaki Shikibu | Lulunettes

  3. Pingback: Livro: A gata, um homem e duas mulheres e O cortador de juncos – Jun’ichiro Tanizaki | Lulunettes

  4. Pingback: Os melhores de 2016 | Lulunettes

  5. Pingback: TAG: Ler é um presente | Lulunettes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s