Livro: O Gigante Enterrado – Kazuo Ishiguro

O Gigante Enterrado - Kazuo IshiguroApós dez anos de ausência, o autor de Os Resíduos do Dia (2003) e Não Me Abandone Jamais (2005) retorna com um romance diferente das suas demais obras. O Gigante Enterrado, sétimo romance de Kazuo Ishiguro que foi publicado originalmente na Inglaterra em março de 2015, caminha pelo gênero da fantasia.

De volta à época medieval na Grã-Bretanha – no período de pós-morte do Rei Arthur – um casal de idosos, Axl e Beatrice, finalmente decidem reencontrar seu filho, que não veem há algum tempo. No entanto, todos da região parecem sofrer de uma perda parcial da memória por causa de uma misteriosa névoa. Com determinação, Axl e Beatrice serão submetidos a diversos percalços em meio ao conflito entre saxões e bretões, de superstições e de criaturas mitológicas. Sua jornada será repleta de aventuras e de encontros amigáveis, como hostis.

O leitor pode ser facilmente surpreendido com os elementos lendários, mas o mais interessante da obra do autor japonês é a abordagem do tema da memória, e também do medo do desconhecido. Dois assuntos discutidos de forma sútil entre diálogos que aparentemente são dispensáveis, mas estão longe de serem inúteis. Vamos resgatando com Axl, Beatrice, o guerreiro Wistan, menino Edwin e o cavaleiro Gawain (sobrinho do rei Arthur), as memórias coletivas, bem como as lembranças particulares.

Admiro a ideia de O Gigante Enterrado. No entanto, a atmosfera, o ritmo e as personagens não conseguiram com que eu imergisse com intensidade na narrativa. Perambulei em meio à tênue poesia e delicadas palavras de Ishiguro com indiferença. Achei o romance muito bem escrito e com uma ideia interessante, porém não esbocei nenhum sentimento. Também nem posso dizer que desgostei, pois a frieza da indiferença me impede. Simplesmente li e a ausência de sensações permaneceram do começo e quase até o fim.

Por outro lado, o ultimo capitulo, que tem o poder de gerar inúmeras interpretações, acendeu uma tímida chama. Que conclusão melancólica, triste e terna. Minha interpretação de O Gigante Enterrado, de Kazuo Ishiguro, mostra que mesmo sendo essencial ter memórias sobre quem nós somos, aqui, a memória não é aquela que nos permitirá de avançar, pelo contrário. Podemos nos prender aos arraigados do passado e não seguir em frente, para um futuro que será permitido criar novas lembranças.

.

Título: O Gigante Enterrado
Título original: The Buried Giant
Autor: Kazuo Ishiguro
Tradução: Sonia Moreira
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 400
Ano: 2015

Anúncios

8 respostas em “Livro: O Gigante Enterrado – Kazuo Ishiguro

  1. Que pena que você não gostou! Desde que esse livro saiu que estou morrendo de vontade de ler ele 🙂 E agora com as reedições, quero reler Vestígios do dia, que é um dos favoritos da vida.

    beijo grande,
    Pipa

    • Não chega a ser um ‘não gostei’. Acabei não sentido nada por O Gigante Enterrado =/ Espero que sua leitura lhe transmita bons sentimentos =D Ainda não li Os Resíduos do Dia. Estou com o livro aqui faz tempo e nada, rs. Favorito da vida! *curiosa*.
      Beijão, Pipa!

  2. Muito boa a resenha!

    Cá tenho vontade de ler algo do Kazuo Ishiguro desde que assisti a adaptação pra cinema de Não Me Abandone Jamais e gostei muito. Vamos ver, vamos ver…

  3. Esse livro não me interessou muito, pois fantasia medieval não é algo que me atrai, mas talvez eu dê uma chance a ele um dia. Gosto muito de “Não me abandone jamais” e tenho vontade de ler “Resíduos do dia”.

    • Eu também não me interesso tanto por medieval fantástico (*uma das poucas obras que adoro nesse gênero é “Berserk” ❤ *). Talvez essa falta de interesse tenha influenciado nas minhas impressões. Enfim, não deixe de ler “O Gigante Enterrado”. O livro pode dialogar diferente com você. Bjs, Lígia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s