Livros: Os Livros que Devoraram Meu Pai – Afonso Cruz

Os Livros que Devoraram Meu Pai - Afonso CruzOs Livros que Devoraram Meu Pai, de Afonso Cruz, é um infanto-juvenil que foi publicado inicialmente em 2010. Esta é a segunda obra que leio do autor português e noto que a cada leitura sua escrita fluída e imaginação me encantam.

Somos apresentados a Elias Bonfim, um garoto de 12 anos que sempre acreditou que seu pai faleceu de um infarto. Bem, é o que seus familiares dizem. No seu aniversário, sua avó lhe dá um presente inesperado: o acesso à biblioteca de seu pai. O pai de Elias, Vivaldo Bonfim, era um leitor voraz e chegava ao ponto de ler escondido durante o trabalho. *tinha esse mau hábito na época do colégio (>_<)* Lendo A Ilha do Dr. Moreau, o senhor Bonfim desaparece misteriosamente. Agora com o acesso aos livros de seu pai, Elias irá procurá-lo nos clássicos da literatura.

A leitura de Os Livros que Devoraram Meu Pai é agradável e simples, sem menosprezar a capacidade do leitor. Os capítulos são breves, mas expressivos. A narrativa te prende literalmente desde a primeira página, e assim como Elias Bonfim, dá para imergir no livro. Por ser curtinho e lindamente ilustrado é possível ler em uma sentada e na companhia de uma cachorrinha viciada em carinho na barriga, rs.

O que me agradou no romance infanto-juvenil de Afonso Cruz foi à ligação paralela entre a literatura e a realidade. Quando você toma o gosto pela leitura o livro se torna um grande companheiro, um amigo para todas as horas. E o detalhe mais legal é que o tempo gira de uma forma diferente quando estamos a ler.

Meu único porém com a obra foi o trágico final. Sinceramente achei desnecessário o que aconteceu com o simpático Bombo. Acredito que o jovem Bonfim poderia ter aprendido de outra forma a não hostilizar seu melhor amigo por pura inveja. Entretanto fico pensando se o autor deu este final proposital para mostrar como nos afeiçoamos às personagens dos livros. Até as mais secundárias e singelas.

Os Livros que Devoraram Meu Pai está classificado como literatura infanto-juvenil, mas a indicação correta deveria ser: Pequenos e Grandes Amantes da Literatura. Pois é, esta pequena grande obra é indicada para você, jovem e veterano leitor, que imerge nos livros, que os ama e que o torna parte da sua história de vida.

Porque um homem é feito dessas histórias, não é de adê-énes e músculos e ossos. Histórias. (pg. 127 – 128)

.

Título: Os Livros que Devoraram Meu Pai
Autor: Afonso Cruz
Ilustrações: Mariana Newlands
Editora: LeYa
Páginas: 112
Ano: 2011

Anúncios

18 respostas em “Livros: Os Livros que Devoraram Meu Pai – Afonso Cruz

  1. Parece ser uma leitura deliciosa, Lulu! ^_^ Adorei saber que sua cachorrinha praticamente leu o livro com você. Risos. Quando eu era criança imaginava que uma coisa dessas pudesse acontecer de verdade: ser sugada para dentro de um livro. Acho que no Sítio do Pica-Pau Amarelo isso acontece, né?
    Sabe do que me lembrei também? Da série Once Upon a Time. Você assiste? Se não assiste não vou te contar nenhum spoiler, mas uma coisa parecida aconteceu no último episódio.
    Beijo!

    • A leitura de Os Livros que Devoraram Meu Pai é deliciosa e apaixonante. Recomendo!
      Eduarda, a cachorrinha dos meus pais passou um mês comigo _<) Imagine a cena, rs. Ainda bem que o livro é fininho. Quando ela adormeceu consegui finalmente ler com as duas mãos \o/ hehehe.
      De certa forma acontece, não é mesmo?! Pode não ser literalmente, mas imergimos nos livros (^_~)
      Nunca li Sítio do Pica-Pau Amarelo, mas assistia a uma série que passava na televisão e acho que tem um episódio com esta temática.
      Conheço só de nome esse seriado, pois não me despertou nenhum interesse. É bom, você recomenda?
      Beijos!

      • Recomendo se você gosta dessa temática contos de fada. A ideia da série é muito parecida com a ideia da HQ Fábulas, mas as semelhanças acabam por aí. Em Once Upon a Time uma maldição manda os personagens dos contos de fada para o nosso mundo. Eles perdem a memórias do que eles eram antes. Gosto muito da série como entretenimento, sabe?
        Beijo! ^_^

        • Eu gosto de contos de fada e nunca li Fábulas (HQ), mas se as semelhanças param por ai, então não ficarei boiando, rs. Bem, vou dar uma chance à série (^_^). Eduarda, entretenimento é muito bom para espairecer 😉 Beijos!

  2. Lulu ❤
    Sim, esse livro do Afonso é um "livro para todas as idades" ❤ Para leitores nascidos hoje e leitores de muitos e muitos anos, rs.

    PS: quero ler outros livros do sr. Cruz, tenho a impressão (uma certeza!) de que gostarei também

    :*

    • Agradará leitores de todas as idades, pois é difícil não simpatizar com este livrinho apaixonante (^_^).

      Maura, obrigada novamente pelo livro! ❤

      P.S. Resposta: Eu tenho interesse de ler aquela série (?) chamada Enciclopédia da Estória Universal, Jesus Cristo Bebia Cerveja e Para Onde Vão os Guarda-Chuvas. Qual você está de olho?

      Beijos!

  3. Eis um livro que tenho muita curiosidade de ler, mas por um motivo ou outro a oportunidade nunca se fez presente. Do Afonso Cruz li apenas Jesus Cristo Bebia Cerveja, e apesar de não tê-lo considerado um mau livro senti que não houve uma ligação entre o autor e eu, pelo menos não num primeiro momento. Por isso a vontade de conhecer mais obras do senhor em questão e tentar mudar essa percepção, e as suas palavras ainda aumentaram a minha curiosidade rs

    Beijos, Lulu!! Já imagino que a leitura foi incrível só pela companhia de uma fofinha querendo carinho o tempo todo, me identifico hahahah 😘

    • Taciele, o livrinho é delicioso e dialoga bem com nós, leitores. Recomendo pra ontem! Tenho curiosidade de ler Jesus Cristo Bebia Cerveja só pelo título, rs. Creio que esta ligação estará em outro livro 😉 Digo isso, pois estou passando por um momento parecido com Joyce Carol Oates. Tive meu primeiro contato com a autora recentemente e infelizmente não curti o romance, mas não desisti dela. Voltando ao Cruz, dele só li dois títulos e adorei ambos. Agora quero partir para os romances.

      Ter a companhia de um animalzinho é tão gostoso ❤ Como os gatos são mais ágeis que os cachorros, fico só imaginando a sapeca da Dolly colocando a cabeça na frente do livro, chamando sua atenção hauhauhauhauhau! A Sushi não consegue subir na cama, mas ela fica com aquele olhar pidão irresistível (*_*).

      Beijão!

  4. Lulu, adorei a parte da cachorrinha ❤
    E eu amo livros que falam de livros, vou colocar mais esse na lista.
    beijo grande e saudades.

    • A Sushi foi minha companhia durante a leitura, não poderia deixá-la de fora (^_^).
      Os Livros que Devoraram Meu Pai é singelo, mas tão adorável (*_*). Difícil não gostar!
      Beijos, Maira!

    • Os Livros que Devoraram Meu Pai é uma delícia! Pois é, o final decepciona e achei bem desnecessário, mas acho que tal fim foi para mostrar nosso apego aos personagens. Bjs, Lígia!

  5. Concordo com você, Lulu! É um livro para todos os amantes da literatura, independente da idade. Eu peguei para ler despretensiosamente e achei uma delícia. Não queria que acabasse!
    beijo 🙂

    • Num é, essa obra do Afonso Cruz agradará leitores de todas as idades. É tão bom quando acontece esse tipo de episódio: pegou despretensiosamente e a leitura é ótima (^_^). Também não queria que acabasse o/ Beijos, Michelle!

  6. Lulu, eu não passava aqui no seu blog já há algum tempo, e estou até com receio de avançar mais um pouco. Este é o segundo livro que você indica e eu fico com vontade desesperada de ler; vou acabar com uma lista enorme.
    Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro… Ele me pareceu ser tão legal, tão envolvente… Vou comprar um exemplar pra mim, e quem sabe outro para a namorada do meu primo. 🙂
    Um abraço!
    http://www.literasutra.com

    • Com receio de avançar foi ótimo! hauhauhauhauhau! Fico feliz que minhas impressões despertou interesse (^_^).
      “Os Livros que Devoraram Meu Pai” é um livro que agradará qualquer leitor. A narrativa singela é identificável para aquele que gosta de ler ou para aquele curioso desse bom hábito. Presentão que a namorada do seu primo irá ganhar. O meu exemplar ganhei de presente de uma amiga e fiquei felicíssima quando o recebi.
      Abraços, Monalisa!

    • Maria, não tem problema você desgostar do livro. E antes de desistir da literatura, lembre-se que há outros livros. Veja algum que tenha uma sinopse que lhe agrade ou tema do seu interesse. Boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s